Muito Prazer com Vinho Branco

Há aqui uma mea culpa, que poderia até ser coletiva, por nós especialistas, uma vez que falamos muito menos dos brancos que tintos. Particularmente não há uma predileção pelos tintos, apenas um interesse concentrado por parte da maioria dos consumidores. Para ser honesto tem horas que o vinho branco é sem dúvida o melhor companheiro,Continuar lendo “Muito Prazer com Vinho Branco”

Amor e Vinho

O clima de romance está no ar e dentro de alguns minutos milhares de casais estarão se rendendo às mais lindas, comoventes e marcantes declarações e noites de amor: o dia dos namorados, dos eternos namorados, chega num clima bem gostoso esse ano. Esse friozinho vem marcando muito nosso outono e entregará um inverno aindaContinuar lendo “Amor e Vinho”

A Boca Brasileira

Semana passada tive a oportunidade de participar de alguns dos importantes encontros que se sucederam. Ainda no programa tecemos alguns comentários sobre a grande oferta de degustações, almoços e jantares em prol do vinho. Estive em dois, um sobre vinhos franceses, especificamente Champagne, Bordeaux e um eletrizante Sancerre, que há muito não degustava com tanta elegância,Continuar lendo “A Boca Brasileira”

A Mulher e o Vinho

Um tempo atrás, mais de 10 anos, Roberto Shinyashiki foi meu padrinho de formatura em uma especialização que terminava. Na sua palestra ele falou de algo bem curioso: “O mundo não está globalizado, está mulherizado”.  Naquela época, e por se tratar de um curso de marketing, a onda era a globalização, mas coincidentemente eu trabalhavaContinuar lendo “A Mulher e o Vinho”

Vinhos Orgânicos e Biodinâmicos, novidade ou antiguidade?

Há menos de uma década chegou com força o conceito de alimentos orgânicos. Impulsionados por uma vida mais saudável, novos hábitos, essa alimentação veio para preencher a lacuna dos alimentos livres de agrotóxicos.  De repente também começam a chegar os vinhos orgânicos e aí surge aquela dúvida, mas o que é isso de fato?  EContinuar lendo “Vinhos Orgânicos e Biodinâmicos, novidade ou antiguidade?”

Confraria dos Sommeliers

Cotes du Rhone Chèvrefeuilles Recebido o simpático convite da Eliana Araújo, do Passaporte do Vinho, fui conferir o encontro da Confraria dos Sommeliers capitaneada pelo excelente Didú Russo. O tema Tintos Franceses Orgânicos, Biodinâmicos ou Naturais apresentou vinhos excepcionais, e desse belo painel elegi um que apesar de não ter sido apontado o meu mais pontuado (foi o segundo) meContinuar lendo “Confraria dos Sommeliers”

Café Journal – Wine Show 2011

Aconteceu (24-mai) no Café Journal (SP) o Wine Show 2011 , evento que reúne um belo painel de vinhos importados e nacionais postos para degustação pelos mais importantes importadores, produtores e revendas brasileiros. Uma excelente mesa gastronômica compunha o evento para que os convivas e clientes do evento pudessem degustar de modo muito tranquilos e bem alimentados. O ponto sempre interessanteContinuar lendo “Café Journal – Wine Show 2011”

Os Campeões do Mundo e o Vinho

Com esse clima de copa do mundo, essa paixão mundial pelo futebol no ar, comecei a pensar na história das copas e pude perceber uma interessante relação dos campeões do mundo, as seleções em ascensão e o momento atual, com o maravilhoso mundo do vinho. Primeiramente vamos ver os campeões mundiais: Brasil com 5 (1958,Continuar lendo “Os Campeões do Mundo e o Vinho”

Viagens e o trabalho

Depois deste breve intervalo, em que estive realmente atarantado com tanto o que fazer pela MMV Importadora (aí ao lado degustação com jornalistas do Rio deJaneiro na Confraria Carioca – veja no blog da MMV), volto para as minhas dicas, novas e boas e etc… Estive andando muito nesses dois ultimos meses, preciso comentar de alguns lugares:Continuar lendo “Viagens e o trabalho”

PRONTOS PARA BEBER

Alma Negra 2003  Ernesto Catena (Tikal) – Mendoza – Argentina O nome pode até parecer ameaçador, mas seu liquido é inebriante.  Feito pelo filho de Nicolas Catena, esse corte deveria ser um mistério, onde só o enólogo conheceria, no entanto esse “teaser” durou apenas um ano. Trata-se de um corte das uvas Bonarda e Malbec, com 12Continuar lendo “PRONTOS PARA BEBER”