Controle Excessivo e Falta de Sexo: Quem Aguenta?

 

“Olá, tenho 20 anos, e a pouco mais de 7 meses comecei a namorar uma garotade 19.
Antes de namorar, nós saímos por 10 meses…Eu a amo de mais, ela é tudo pra mim, mas às vezes sinto que ela não me dá a atenção que mereço. Ela não demonstra gostar de mim do jeito que fala, não atende alguns pedidos simples que faço. O sexo para ela tem que ser apenas papai e mamãe, toda vez que peço para fazermos uma posição diferente, ou algo um pouco mais ousado como sexo oral ela começa a discutir comigo e não fazemos nada.

Ela é minha primeira namorada, e eu perdi minha virgindade com ela, ela, por sua vez já teve 3 parceiros além de mim, um deles foi o namorado dela, o qual a desvirginou, e os outros eu não sei dizer muito bem, mas foi algo mais casual, sem compromisso, pois eles não foram namorados dela, e não teve sentimentos, e fico pensando, “puxa, será que ela já deu um sexo de melhor qualidade para eles que nem ao menos queriam algo a serio com ela?” Este fato, o de ela ter tido outros parceiros e a qualidade do sexo, me deixam muito chateado, pois sinto como se ela tivesse oferecido seu sexo a vontade para os outros, e para mim que realmente a ama, cerceado. Este pensamento me deixa um pouco depressivo, pois sou homem, e me sinto inferior com esse pensamento, acho que deveria ser mais durão, e não aceitar tudo o que ela impõe inclusive os “nãos”. O que mais me deixa chateado nessa parte do sexo, é que eu esperei por uma garota que me amasse, para poder ter minhas primeiras experiências sexuais, e concedi isso a ela, pois pelo menos no começo o amor dela era mais doce, e tive uma segurança de que ela era a mulher certa. O que eu mais queria era que ela também fosse virgem, para descobrirmos este prazer juntos, o que infelizmente não aconteceu. Além desta parte sexual, e dos nãos, há outra coisa que me incomoda, ela é muito controladora e ciumenta, não posso cumprimentar outra garota conhecida que ela já vem discutir. As vezes quando qualquer garota bonita passa por perto de nós ela já vem me beliscar e discutir, e eu nem ao menos olho para as outras, até porque minha namorada é muito atraente, e para mim é a mulher mais bonita em qualquer lugar.Tenho medo de terminar porque gosto muito dela, e já tentei conversar sobre esses assuntos, mas não adianta, ela fica muito brava e chega a me dizer que se não estou satisfeito devo procurar outra. Outro detalhe, sempre que pergunto do passado dela ela não me conta nada, briga comigo, e ameaça terminar, parece que quer me esconder alguma coisa. Enquanto eu sou totalmente transparente em tudo. Para concluir, gostaria de saber, como posso conseguir um sexo de melhor qualidade? Como posso assumir o controle? Será que me falta amor próprio? Ajudem-me, pois isto está me remoendo por dentro.”

“Quero saber bem mais que meus 20 e poucos anos…”

Olá meu caro “decano”, com 20 anos a gente já se acha velho demais para ir adiante, e já tem muitos medos para continuar…

Se você já ouviu 20 e poucos anos com o Raimundos, ou com quem eu conheci, o Fábio Junior, a letra vai te mostrar um pouco do que está faltando em sua vida, está faltando PLANOS!

Sempre venho falando aqui, antes de olhar para os problemas dos outros precisamos encarar os nossos, e no seu caso você tem um bocado de sentimentos, sensações e racionalizações a aprofundar. Você está preso a falsos modelos, ideias românticas, mas principalmente o que lhe falta, é a consequência desse comportamento, é o que chamamos de “assertividade” que é a capacidade de expor de maneira clara suas posições.
Ser assertivo implica saber a primeira estrofe da letra do Fábio Jr., se dar mais a você mesmo e fazer o outro saber de você, pelo o que você é e pelo o que faz.
Você precisa fazer!
Meu amigo, ir além, é isso que nos faz superar esse tipo de situação que você está passando, não se prender, aprender que tudo tem um preço e não se acomodar.
Não vejo nada de mais nas atitudes de sua namorada, ela está reagindo à sua falta de ação, por isso ela não te dá o que nem você sabe ao certo o que quer. Outra coisa, ninguém muda o passado de ninguém e aí ela está sendo muito BACANA em não te contar do passado dela, esse PASSADO não TE PERTENCE. Cara, abra mão de querer ser o primeiro na vida dela, você não foi, mas você pode ser o mais importante, o PRIMEIRO e único de muitas coisas que vocês ainda podem viver.
Pense nessa sequencia da letra: “Eu não desisto, Assim tão fácil meu amor, Das coisas que, Eu quero fazer, E ainda não fiz, Na vida tudo tem seu preço, Seu valor, E o que eu quero dessa vida, É ser feliz, Eu não abro mão…”
Pense que ser feliz é viver LIVRE de amarras, de pensamentos ruins, mau humor e sandices, pirações que não nos levam a lugar algum, só nos prendem, nos faz rodar e voltar ao mesmo ponto…
SEJA FORTE!

Alexandre Santucci
Psicólogo
Envie suas perguntas para  SeR no Divã (sernodiva@gmail.com), seu nome não será publicado.
Publicado no SeR em 28 de Julho de 2010 23:08

Publicado por Alexandre Santucci

Escrevo, comunico!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.