Só Sirvo para "Amigo Gay"?

Oi Dr. Santucci, quem escreve daqui tem 18 anos e algumas dúvidas.

Beijei uma mulher pela primeira vez aos 15 anos, antes disso já tinha me “apaixonado” duas vezes: na primeira, acho que talvez por medo, sabia que seria correspondido mas pulei fora; na segunda não fui correspondido e fiquei “preso” à mesma paixão por 3 anos. Ambas agora são minhas amigas. Só que depois disso aconteceu de novo, com outra mulher, mas dessa vez minhas duas amigas me ajudaram e me incentivaram a esquecer isso, etc – porque não deu certo também. Ou seja, fracassei pela terceira vez. E nem cheguei a ficar com ninguém depois dos 15.
Bom, às vezes me pego sentindo (muita) falta de uma mulher ao meu lado – de beijar, abraçar, e as vezes até umas coisas mais “agressivas” – mas não consigo perceber quando uma está a fim de mim, e nem chegar em uma, porque na maioria das vezes estou acompanhado das duas amigas. E, além disso, depois que li o seu primeiro post no SeR, vi que também tenho as vezes essa “latência”. Já me masturbei pensando em homens, mas depois que o faço costumo sentir uma repulsa muito grande e uma vontade de arranjar uma menina do meu lado.
Como faço para mudar essa situação? As vezes bate uma sensação que tudo podia ser diferente e uma vontade de  mudar, mas tudo volta a mesma coisa de sempre. Gosto muito da amizade que eu tenho com as duas meninas por quem já tinha me apaixonado, tanto que são minhas melhores amigas, mas sou um homem, e não é a coisa mais normal do mundo ter duas melhores amigas mulheres.
Podendo ou não ajudar, obrigadão.
Calma, calma e muita calma nessa hora!
Durante a fase que você se encontra muita coisa acontece ao mesmo tempo. É um período em que tudo gira em torno da IDENTIDADE , portanto aos 18 anos temos uma vida pela frente. Muitas dessas dúvidas vão diminuindo na medida em que você vai conhecendo mais e mais de você e do mundo.
Alguns conceitos vão ficando mais claros e você encontrando o seu lugar. Por isso temos todo esse período de preparação: engatinhar, andar, falar, escola, adolescência, faculdade e idade adulta. Em cada fase vamos marcando nosso desenvolvimento. A identidade sexual acontece conjuntamente com sua maturidade emocional, ocorre que às vezes , por diversos motivos, há um descompasso e aí preferimos um tipo de porto seguro e não nos arriscamos muito.
Com relação à suas amizades: Veja bem, nosso mundo está repletos de inveja, ódio, preconceito, estereótipos e uma série de vícios como esses, NÃO CAIA NESSA, isso nos coloca para baixo. Ter amizades do sexo oposto é antes de mais nada saudável, agora é importante perceber, detectar se é realmente uma amizade, amizade não tem sexo (é um duplo sentido, mas me refiro que amizade não escolhe sexo, raça,…).
Agora uma coisa você tem razão, paquerar com as amigas do lado não funciona, apesar de você não ser preconceituoso, rotulador, nossa sociedade está repleta de ideias pré-concebidas e na cabeça da maioria, nessa situação, ou você está acompanhado ou é gay, aí dificilmente acontecerá algo. Outra coisa é que além das amigas me parece que você tem algo a vencer: sua Timidez! A causa? talvez  elos teus não sucessos.
Amigo das amigas, você tem algo que te coloca na frente de muitos homens: o aconselhamento feminino. Se de fato essas meninas são suas amigas eles podem te entregar um tesouro e te ajudar com dicas excelentes, mas lembre-se são dicas, você é o cabeça, é você quem tem que conduzir.
Quanto ao fracasso: Repita sempre que você não o conhece, você está surdo para o fracasso. Se errou, se não deu certo veja de um outro modo: você apenas encontrou uma outra forma que ainda não era a que você queria, essa atitude te levará a vitória e logo você terá alguém pra chamar de sua.

Alexandre Santucci,
Psicólogo

Envie suas perguntas para  SeR no divã (sernodiva@gmail.com), seu nome não será publicado.

publicado no SeR em 18 de Setembro de 2009 13:38

Publicado por Alexandre Santucci

Escrevo, comunico!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.