O trem da minha vida

 

Por baixo ou por cima?
luz, sombra, naturais, artificiais
das janelas, incrimina?
alegrias, devaneios, momentos, historias banais
trem da minha vida, que insiste em me levar
por tantas passagens, paisagens, estações
trem da minha vida, só quis me inebriar
ser baldeado ao novo, sem sustentações
trem da minha vida, abordar a história, viver, não deixar passar
um segundo de revelações
já são algumas as estações, que não queria estacionar
quero viver meu presente, as vezes em mais nenhuma embarcar
difícil largar, desse lagar, o lugar
chamado Liberdade
que voe! meus pensamentos, emoções, sentimentos,
que venha sem preconceito, livre, só pressentimento
 pressentindo o cheiro das manhãs, os aromas da noite, um só momento.
Da mais pura liberdade, que é o amor
ah estação liberdade, me liberta e me deixa prosseguir!

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: