Um Mundo em Movimento

Heráclito, filósofo grego, já defendia muito tempo atrás que “a única coisa definitiva é a mudança”.
Muita coisa mudará: vinhos prontos para beber, mais delicados, mais mulheres fazendo vinhos e muitos novos lugares…

Essa é a mais pura verdade!
Quem diria, 20 anos atrás, que Inglaterra faria qualquer tipo de vinho? E não é que acaba de atingir um feito brilhante, graças às constantes “mudanças” climáticas e o aquecimento global, um de seus espumantes no estilo de Champagne, o Classic Cuvée 2003 da Nyetimber (West Sussex) , bateu 51 concorrentes, entre eles os estrelados franceses Bollinger, Pommery e Louis Roederer em um concurso na Itália, assim como a pioneira Ridgeview (Sussex) é frequentemente eleita a melhor da Inglaterra e um dos produtores de espumantes mais bem colocados em concursos na França.

A China também começa a surgir nesse cenário, com um consumo interno de cerca de um litro per capita/ano já a faz figurar como a 6ª maior nação consumidora de vinhos no mundo e começa produzir vinhos de qualidade graças a um posicionamento geográfico semelhante a Bordeaux (França) e a presença de produtores renomados interessados em seus consumidores e trocando tecnologia com produtores locais.

Graças a tecnologia e um mercado em franca expansão, que também produzimos no nordeste brasileiro, onde três décadas atrás jamais sonharíamos, mas hoje é uma realidade que serve de exemplo para não duvidarmos de mais nada… e muitos outros lugares ainda mais auspiciosos surgirão para quem sabe nos confundir ou deleitar…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: